Ausência das coisas

Desde 2009 e por todo ano de 2010, estive ausente daqui e de tantos outros lugares. Um retiro para dentro e fora de mim.

Não foi só a falta de inspiração ou tempo, mas tantos acontecimentos entre o fim e o início desses anos que algumas “coisas” foram para longe. Digo coisas por que se torna complicado dar nome aquilo que aconteceu e sumiu.

Foi um período conturbado e sereno. Conturbado por conta do trabalho de conclusão, a apresentação do mesmo, do qual sai com distinção. E a fase de ostracismo que seguiu depois, aí sim veio a preguiça e a falta de algo que não sei.

Aos poucos as “coisas” vão se acordando dentro e fora, e aos poucos retomo esse espaço que ficou abandonado. Pensei até em começar um novo, mais centrado e não tão avulso, mas deixa para lá. Continuo por aqui, tentando deixar de lado os rabiscos feitos em papel.
Tentando tornar esse espaço naquilo que se perdem por ai.

Passando o meu “inferno” astral, começo meu ano novo que espero que venha repleto “coisas” novas.

Até lá

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s